sábado, 19 de junho de 2010

VISITA DO FMI


“A situação económica de Portugal é mais grave do que se pensava”.

O director do FMI, considera que entre os países ibéricos a “situação não é comparável”; o nível da dívida pública e privada portuguesa é muito mais elevada que a espanhola.

Strauss-Kahn saúda medidas «difíceis e duras» do país vizinho para combater défice.

Rematando, o Director-gerente do FMI expressa grande confiança na economia espanhola.

1 comentário:

  1. O homem quando vir a gaveta portuguesa cheia de facturas por pagar vai pôr-nos a pão e água ;)

    ResponderEliminar