sexta-feira, 18 de junho de 2010

UMA COROA DE GLÓRIA FEITA A PULSO


UM EXEMPLO DE COMO O TALENTO E A PERSISTÊNCIA, VENCEM O ESTIGMA DAS ORIGENS !

1 comentário:

  1. Não fui capaz de lê-lo aos 20. Mas, entranhou-se-me na pele aos 30. E eu não sou suspeita porque nem sequer gosto da sua filiação partidária. A sua obra rompe todas as barreiras, congregando uma linguagem/escrita muito próprias com ideias geniais para tema dos seus livros.
    Efectivamente, acabada a leitura de cada um deles o seu conteúdo permanece durante muito tempo na nossa cabeça, numa incómoda necessidade de reflexão.
    Quem sabe, se não foi no fermentar das suas origens que nasceram o talento e a persistência.
    Olga

    ResponderEliminar